Pular para o conteúdo
Voltar

Gabinete de Situação monitora e agiliza ações de enfrentamento ao Coronavírus no Estado

Por Por Elisete Mengatti

Dentre as medidas decretadas pelo Governo do Estado nesta segunda-feira, para prevenir o Coronavírus em Mato Grosso, está a suspensão das aulas na rede estadual, municipal e superior de ensino no período de 23 de março a 5 de abril ; suspensão dos eventos realizados pelo Estado, em ambiente fechado, com público superior a 200 pessoas; restrições de visitas às unidades penais e socioeducativas e  a criação do Gabinete de Situação, coordenado pelo governador e integrado pelos secretários de Estado da Casa Civil, Saúde, Segurança Pública, Planejamento e Gestão, Fazenda, Educação e PGE.//

O coordenador do Gabinete de Situação, o governador Mauro Mendes, lembrou que o decreto é um conjunto de ações fundamentais para o controle da doença no Estado, mas que, se for necessário, outras medidas serão adotadas.//

Já o secretário de Saúde Gilberto figueiredo destacou a importância da contribuição de cada cidadão mato-grossense neste processo de combate ao Coronavírus.//

A população deve contribuir adotando os cuidados básicos como de evitar aglomerações, especialmente em lugares fechados; lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos ou usar um desinfetante para as mãos à base de álcool; evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo com pessoas doentes; ficar em casa quando estiver doente; cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo; limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.//

Os sintomas do Coronavírus podem envolver coriza, tosse, dor de garganta e febre./ Neste caso, a pessoa deve procurar uma unidade básica de saúde.//

Mato Grosso ainda não tem nenhum caso confirmado do Coronavírus./ Várias casos suspeitos estão sendo investigados pelos órgãos oficiais de saúde pública.//

Em Mato Grosso, o Laboratório Central do Estado (Lacen), ligado a SES-MT, é responsável pela análise de amostras dos casos suspeitos da infecção por coronavírus, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde.