Pular para o conteúdo
Voltar

Governo de MT distribui primeiro repasse de álcool para unidades de saúde e segurança

Por Por Igor Gabriel

O Governo do Estado, por meio das Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Saúde, recebeu um total de 200 mil litros de álcool 70% destinado à prevenção de contágio do coronavírus nas unidades de saúde, Sistema de Segurança e outras repartições públicas.//

A distribuição ocorreu na manhã deste sábado, dia 21 de março, no 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros em Cuiabá.//

O produto foi doado pelas empresas ligadas ao Sindicato das Industrias Sucroalcooleiras – Sindalcool – MT./ O diretor da entidade, Jorge dos Santos, conta como foi os procedimentos para que as empresas ligadas ao setor sucroalcooleiro, repassassem a primeira remessa dos 200 mil litros do produto.//

Sonora: Jorge Santos

Ao destacar a solidariedade por parte dos empresários dos ramos alcooleiro e de embalagens, o secretario de Desenvolvimento Econômico, Cézar Miranda, ressaltou  que a primeira remessa, que equivale 15 mil litros vai ser destinado a hospitais e órgãos de Segurança Publica até chegar a população.//

Sonora: Cézar Miranda

O Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges, explica como foi o procedimento de escolta do caminhão com os galões de álcool.//

Sonora: Alessandro Borges   

Gilberto Figueiredo, secretário de Saúde, declara que com a falta do álcool em gel no mercado, a doação do insumo liquido vai ajudar na contenção do Covid-19.//

Sonora: Gilberto Figueiredo

Preocupado com o avanço do coronavírus em MT, o governador Mauro Mendes faz um apelo à população para seguir as medidas de prevenção e evitar o convivo social./ O chefe do Executivo Estadual chama a atenção dos jovens para que tenham mais cuidado porque o vírus não escolhe idade e todos, independente de faixa etária, tanto podem ser contaminados como podem transmitir para pessoas que enquadram no grupo de risco.//

Sonora: Mauro Mendes

A entrega do insumo contou com a presença de secretários de Estado, empresários e outras autoridades.//