Pular para o conteúdo
Voltar

Polícia indicia dois por venda de respiradores falsos em MT

Por Por Jota Passarinho / Assessoria PJC

A Polícia Civil de Mato Grosso, concluiu o inquérito que investigou a venda fraudulenta de respiradores pulmonares à Prefeitura de Rondonópolis, a 212 km de Cuiabá, e indiciou duas pessoas por estelionato e crime contra as relações de consumo.//

Dois criminosos foram indiciados, sendo que um já está preso na Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, e o outro, o que consta como proprietário da empresa que vendeu os equipamentos, está foragido.//

Em razão das investigações, a Polícia Civil conseguiu recuperar mais de 3 milhões de reais dos valores pagos  pelo Poder Público Municipal com a compra dos aparelhos.//

De acordo com Santiago Sanches, delegado que comandou as investigações, há indícios da participação de servidores públicos do município na falsificação dos equipamentos ou na negligência dolosa no ato da entrega dos aparelhos por parte do fornecedor.//

Sanches explica que foram adquiridos monitores cardíacos, e que estes foram adulterados para dar aparência de ventiladores, aparelhos essenciais no tratamento de pacientes com coronavírus./ O inquérito policial, já concluído, foi encaminhado ao Ministério Público Estadual para as providência cabíveis.//