Pular para o conteúdo
Voltar

Complexo Penitenciário Ahmenon oportuniza trabalho em fábrica a reeducandos

Para o trabalho laboral é necessário que o recuperando tenha cumprido 1/6 da pena e e tenha bom comportamento dentro da unidade
Juliano Patrick | Sesp-MT

Complexo Penitenciário Ahmenon Lemos Dantas (Várzea Grande) - Foto por: Assessoria/Sesp-MT
Complexo Penitenciário Ahmenon Lemos Dantas (Várzea Grande)
A | A

Seis reeducandos do Complexo Penitenciário Ahmenon Lemos Dantas, em Várzea Grande, começaram a trabalhar na indústria de reciclagem, localizada aos fundos da unidade. A iniciativa ocorre por meio de uma parceria firmada entre a unidade penal e a Fundação Nova Chance (Funac), vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

O trabalho na fábrica envolve a produção de matéria-prima para sabão e ração animal. Os recuperandos desenvolvem atividades como operador de máquina, soldador e serviços gerais.

Eles são remunerados e têm uma nova chance, além de ajudar a família com o dinheiro, podem contribuir e voltar à sociedade com dignidade. Os trabalhos são realizados diariamente, das 8h às 17h, respeitando o intervalo para almoço.

O diretor da penitenciária, Alex Rondon, destacou a importância de oportunizar este tipo de experiência aos recuperandos. “Esperamos que mais empresas possam aderir a contratação da mão de obra dos recuperandos, contribuindo, dessa forma, na reinserção social. Eu espero que este projeto possa se multiplicar. É preciso oferecer oportunidade para aqueles que querem mudar de vida”, enfatizou.

Para participar do trabalho laboral é necessário que o recuperando tenha cumprido 1/6 da pena e tenha bom comportamento dentro da unidade.

(Com supervisão de Julia Oviedo)