Pular para o conteúdo
Voltar

Reeducandos de Sinop trabalham na manutenção de escolas municipais e estaduais

Projeto Escola Limpa é uma ação da Secretaria de Estado de Segurança Pública, em parceria com o município e Poder Judiciário
WILLIAN SILVA | Sesp-MT

Reeducandos fazem limpeza de escola - Foto por: Sesp-MT
Reeducandos fazem limpeza de escola
A | A

A Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), em Sinop (493 km de Cuiabá) lançou, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e intermédio do Poder Judiciário, o projeto Escola Limpa. Em dois sábados por mês, uma equipe, com mais de 20 reeducandos, fará a manutenção e limpeza nas unidades de ensino municipais e estaduais.

Segundo o diretor da penitenciária, Adalberto Dias de Oliveira, a ideia central do projeto é garantir trabalho e oportunidade de ressocialização dos reeducandos e, ao mesmo tempo, reinseri-los na sociedade.

“A reinserção dos recuperandos em atividades é que os mantenham ocupados, melhora sua autoestima e resgata a dignidade, além de romper barreiras e eventuais resistência da sociedade, ao se deparar com um recuperando trabalhando em um ambiente escolar”, destacou.

O juiz da 3º Vara de Execuções Criminais de Sinop, juiz Walter Tomaz da Costa, destacou que o serviço é voluntário e os reeducandos são selecionados conforme sua experiência nas atividades solicitadas, além de, a cada três dias trabalhados, há uma redução de um dia em sua pena.

“Além da retribuição pelo trabalho, temos o lado da ressocialização, para que ele possa entender sua importância para a sociedade. Eles podem ser um grande profissional, que estão treinando, para que não haja reincidência. Temos que dar a oportunidade”, lembrou o magistrado.  

Entre os serviços executados pelos voluntários, estão manutenção predial com pintura, reforma de calçadas, banheiros, bebedouro, revitalização da quadra de esportes, área administrativa, manutenção dos sistemas hidráulicos e elétricos e jardinagem.

As escolas beneficiadas serão previamente definidas pela Secretaria Municipal de Educação, que providenciará os materiais e insumos necessários, além da alimentação e transporte dos voluntários. O grupo será monitorado por tornozeleira eletrônica e por dois policias penais.  

O projeto Escola Limpa é uma ação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Secretaria-adjunta de Administração Penitenciária (Saap) em parceria com o Conselho da Comunidade na Execução Penal, Prefeitura Municipal de Sinop e Poder Judiciário.