Pular para o conteúdo
Voltar

Sesp capacita policiais penais para uso de novas pistolas Glock

Formação em armeiros conta com 14 instrutores do sistema penitenciário, que recebeu o lote de 300 pistolas da marca Glock, calibre 9mm, adquirido pelo Governo do Estado
Joanice de Deus | Sesp-MT

Capacitação de 14 instrutores do sistema penitenciário - Foto por: Frank Sumiyoshi - Sesp/MT
Capacitação de 14 instrutores do sistema penitenciário
A | A

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) realizou, nesta quarta-feira (25.01), a capacitação de 14 instrutores do Sistema Penitenciário para formação de armeiros das pistolas da marca Glock, calibre 9mm, adquiridas pelo Governo de Mato Grosso.

A capacitação compõe o programa de padronização do armamento das forças estaduais de Segurança Pública, com a aquisição de 12 mil pistolas Glock. Essa arma, de fabricação austríaca, é considerada uma das armas curtas mais modernas do mundo e é usada por diversas forças de segurança, dentre elas o FBI (Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos) e a Polícia Federal, no Brasil.

A qualificação dos policiais penais, com carga total de seis horas, habilita o policial a ser um armeiro oficial, ou seja, profissional capacitado em manusear de maneira correta e segura a pistola, montar, desmontar, limpar e entender sobre o funcionamento interno do armamento. Após o treinamento, o grupo repassará o conhecimento adquirido para os demais servidores do Sistema Penitenciário.

“O Estado de Mato Grosso padronizou a marca Glock e o calibre 9mm para todas as forças policiais, e o Sistema Penitenciário recebeu 300 pistolas. Agora, estamos habilitando os multiplicadores de conhecimento, aqueles que vão dar formação ao policial penal para que possa fazer o uso do armamento no dia-a-dia das suas funções operacionais”, observou o secretário-adjunto de Administração Penitenciária, Jean Carlos Gonçalves.

As instruções sobre o mecanismo do armamento foram feitas pelo representante da Glock no Brasil, Mauro Thompson, que destacou que o curso de armeiro Glock faz parte da aquisição das armas feitas pelo Governo de Mato Grosso. Ao fim do curso, todos os participantes recebem o certificado internacional da Glock Áustria.

O superintendente Regional Oeste Anderson Santana da Costa, que é policial penal há 18 anos, foi um dos participantes da capacitação.

“Essa formação é um divisor de água. Estamos partindo para a padronização dos calibres que está sendo implantado nas forças de segurança de Mato Grosso, o que representa mais segurança para o nosso trabalho e mais eficiência”, avalia.

Coordenador de Ensino e Aperfeiçoamento do Servidor Penitenciário, Eudes Trew de Jesus reforça a importância da compra das pistolas. “Com a mudança, passamos a operar com equipamentos de primeira qualidade e considerados um dos melhores do mundo, além de estarmos equiparados a outras instituições da segurança pública”, colocou.

De acordo com o secretário-adjunto de Administração Penitenciária, Jean Carlos, mais 1.950 pistolas Glock devem ser adquiridas pelo Governo de Mato Grosso, segundo o planejamento da Sesp. Ele destaca que, com isso, a população mato-grossense é uma das principais beneficiadas.
 
“Quanto melhores os equipamentos, melhor a resposta da Polícia Penal em prol da sociedade. O Governo do Estado investiu, no ano passado, mais de R$ 131 milhões no Sistema Penitenciário de Mato Grosso e, com isso, está fazendo uma revolução no sistema, que vem mudando drasticamente nesses quatro anos. E temos um planejamento para 2023 a 2026 já apresentado para o secretário de Segurança Pública, César Augusto Roveri, para avançarmos ainda mais no sistema penitenciário”, finalizou..