Pular para o conteúdo

Câmaras Temáticas

 

As Câmaras temáticas são grupos de trabalho que têm por função o estudo, a análise, o diagnóstico e apresentação de linhas de ações que devem ser adotadas pelos órgãos que integram os gabinetes. São criadas para analisar temas específicos e pontuais, onde os organismos de segurança pública e a sociedade organizada podem discutir os problemas, identificar as causas, propor soluções de enfrentamento ou ações, e dar encaminhamento às proposituras para deliberação do colegiado pleno.

As Câmaras Temáticas terão suas atividades restritas ao período de execução de “forças-tarefas” estabelecidas e delegadas pelo GGI-E, sendo que após o período necessário, elas deixarão de existir.

 

Câmaras temáticas ativas:

  • Homicídio, roubo e furto

Definir estratégias para enfrentar de forma qualificada as atividades criminosas contra a vida, concomitante com o desenvolvimento de ações transversais e interinstitucionais;

Elaborar procedimentos por parte das Instituições que tenham desdobramentos ou atribuições no cenário de crime contra a vida ou a partir dele, mas de forma sistêmica;

Agilizar as providências nos locais de crimes contra a vida;

Garantir o isolamento nesses locais, de tal forma que a equipe pericial não tenha o trabalho prejudicado e que o campo permaneça incólume até a chegada e liberação pela autoridade competente.

 

  • Roubo a banco

Elaborar o plano estratégico de ação integrada para enfrentamento de roubo a banco em suas múltiplas faces de modo que se amplie as ações preventivas e repressivas;

Fortalecer rede de informações para facilitar o fluxo de informações relacionadas ao enfrentamento de roubo a banco em suas múltiplas faces.

 

  • Roubo de cargas

Elaborar propostas que visem o aprimoramento das ações direcionadas a um enfrentamento qualificado às atividades criminosas praticadas contra as operadoras de transportes de cargas;

Definir ações integradas de redução dos furtos e roubos de cargas no estado de Mato Grosso.

 

  • Trânsito

Identificar oportunidades e alternativas de ações que permitam a melhor coordenação dos diversos esforços com o objetivo de operacionalizar políticas vinculadas a Política Nacional de Trânsito e do Programa Nacional de Trânsito.

Um dos destaques da CT de Trânsito é a Operação Lei Seca, ação integrada composta pela Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Detran e órgãos de fiscalização de trânsito municipais, que visa prevenir e reprimir crimes de trânsito relacionados ao consumo de álcool.

 

  • Câmara Temática de Defesa da Mulher

Espaço de interlocução integrada entre as forças de segurança pública, Poder Judiciário e órgãos assistenciais, com a finalidade de fazer frente à violência doméstica, buscando melhorias para a defesa e bem-estar da mulher.