05/11/2018 - 12:10

RONDAS POLICIAIS
Homem suspeito de esfaquear duas pessoas é preso com munições e materiais explosivos
Eliana Bess | PMMT

Policiais militares de Cocalinho (861 km de Cuiabá) prenderam Altevir Pereira da Silva, 49 anos, numa propriedade rural do Assentamento Três Marias, com duas espingardas de pressão, cartuchos calibre 28, carregador artesanal, além de redes configurando pesca depredatória. Ele foi localizado no dia 03 de novembro, às 15h, um dia após a suspeita de ter esfaqueado duas pessoas durante uma briga no bairro Potiguar, na cidade.

Todo o material apreendido, entre eles, ainda com um frasco de pólvora, um carregador de cartucho artesanal, 100 espoletas, uma capa de espingarda, uma arapuca, duas tarrafas e duas redes de pesca, estavam em uma residência próxima de onde estaria o suspeito. Altevir Pereira da Silva disse que era o dono, inclusive das espingardas de pressão que não possuem nota fiscal e nem a numeração de identificação. Três pescados de aproximadamente 30 cm também foram apreendidos para encaminhamentos junto à Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

Autuado por crime ambiental e posse de munições e artefatos explosivos, ele ainda será investigado sobre a tentativa de homicídio contra dois homens, um deles A.A.S., 39 anos, o outro foi identificado pelo primeiro nome E.

A briga seria resultado de uma discussão no dia 02 de novembro, por volta das 20h30, no bairro Jardim Popular, oportunidade em que o suspeito mencionado teria desferido golpes de faca atingindo regiões do tórax, pescoço e braço de A.A.S. e no caso de E., o corte foi nas costas. Após a tentativa de homicídio, o suspeito Altenir Pereira da Silva teria fugido, sendo localizado no dia 03.

Porte ilegal

Em Chapada dos Guimarães (68 km de Cuiabá), policiais da 1ª Cia também apreenderam uma espingarda calibre 22 sem marca e sem numeração e duas facas em uma mochila camuflada verde. Com os pertences foram detidos A.P.B., 26 anos e A.P.A., 30, que estariam em uma motocicleta parada às margens da Rodovia Emanuel Pinheiro, nas proximidades da água Lebrinha.

Eles relataram que estavam retornando da região do Buriti, onde estavam caçando animais silvestres, mas que não conseguiram matar nada. 

A Sesp também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!